Exercícios Domiciliares: Riscos e Benefícios

Quando falamos em atividade física, definimos como qualquer movimento feito pela musculatura que resulta em gasto energético (lavar roupa, escovar os dentes, etc) já os exercícios físicos são atividades sistematizadas, com sequência de movimentos para alcançar um objetivo, geralmente ligado à saúde e/ou estética.

Em relação aos riscos dos exercícios físicos durante o período de isolamento social, é preciso analisarmos dois tipos de pessoas: as que iniciaram o isolamento social e já tinham o exercício físico em sua rotina, e as que iniciaram o isolamento social e não faziam exercícios e começaram um programa de treinos (essas estão mais propensas a lesões).

Então você que iniciou a prática de exercícios nesse período, atenção ao tipo, frequência, duração, intensidade, carga e repetições, pois elas são individuais, sendo assim, o que é bom para uma pessoa, pode não ser para outra.

Em relação aos benefícios eu poderia citar milhares de artigos, como por exemplo o estudo realizado pela Queen’s University, do Canadá, que revelou que pessoas que praticam ao menos 2,5h de atividades físicas por semana vivem, em média, 6 anos a mais do que pessoas sedentárias. 

Há também bons estudos revelando a melhora no humor, diminuição dos sentimentos de depressão, ansiedade e estresse, aumento da taxa metabólica e fortalecimento muscular e ósseo, etc.

Por fim, seguem algumas dicas, deixando claro que mesmo envolvendo riscos, os exercícios em domicílio DEVEM ser realizados, pois seus benefícios são inúmeros, frente aos efeitos deletérios do imobilismo, então:

-Procure canais de instrutores formados em educação física para te auxiliar de forma online

-Respeite os limites do seu corpo

-Prefira praticar atividades de baixo impacto

-Higienize todo e qualquer material que você utilize 

-Evite levar a mão ao rosto durante a realização. Para isso, utilize uma toalha.

Dr Ítalo Jorge – Fisioterapeuta (CREFITO- 275850-F)

Italo Jorge

Dr Ítalo Jorge é fisioterapeuta graduado pela Universidade Tiradentes - UNIT, mestrando em Saúde e Ambiente também pela Universidade Tiradentes - UNIT, pós graduado em Fisioterapia Traumato-ortopédica com Ênfase em Terapia Manual e Posturologia - UNOPAR, pós graduando em Biomecânica Aplicada ao Exercício pelo Instituto Valorize, possui formação Completa em Dry Needling na Síndrome Dolorosa Miofascial pela Sociedade Brasileira de Fisioterapia - SBF, é mentor do Grupo de Estudos em Posturologia Aplicada e Coluna - GEPAC, CEO do Studio Ícone Estética e Saúde Integrada, possui atuação clínica em fisioterapia preventiva e reabilitação ortopédica personalizada, atendimento esportivo, pós cirúrgico e protocolo de tratamento não cirúrgico de coluna vertebral.

Leave a Reply

Your email address will not be published.